Roda Super Sortuda

BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Imagem Blog

Roda Super Sortuda Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

O eletrizante ano de 2022, segundo a coluna Gente

Os acontecimentos mais marcantes relembrados mês a mês

Por Giovanna Fraguito,Valmir MoratelliMateria seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 dez 2022, 18h27 - Publicado em 31 dez 2022, 11h00

AcolunaGENTE é, ano a ano, um espaço de notícias exclusivas das personalidades dos negócios, da política e do show business. E 2022 veio forte, fortíssimo! Se aconteceu na sociedade, com certeza foi notícia por aqui. Num ano marcado por tantos fatos já históricos – da guerra na Ucrânia às eleições presidenciais no Brasil – também houve o retorno de eventos culturais pós-pandemia de Covid-19. Carnaval e Rock in Rio, entre eles. Um ano de suor, lágrimas, risos e emoções. Que 2023 seja ainda mais GENTE!

JANEIRO – Elza Soares, uma das maiores cantoras do Brasil, morreu no dia 20, em casa e de causas naturais, aos 91 anos. Faustão, consagrado pelos programas de domingo na TV Globo, teve o contrato encerrado pela emissora e estreou, no dia 17, em casa nova, o Faustão na Band.

FEVEREIRO – Quinta-feira, 24, a Europa acorda com um anúncio: “Operação militar especial” na Ucrânia. Começava a invasão russa no território. O conflito, que se estende até hoje, causou interferências em todo o mundo.

MARÇO – Nada foi mais comentado na cerimônia do Oscar do que o tapa que Will Smith deu na cara de Chris Rock, após o comediante fazer piada da cabeça raspada da mulher do ator. Também no cenário internacional, a conversa do então príncipe HarryeMeghan Markle com a apresentadora Oprah Winfrey revelou racismo dentro do Palácio de Buckingham. E depois de vários adiamentos por conta da pandemia, o Lollapalooza Brasil aconteceu no final do mês, para a alegria de fãs do festival.

Continua após a publicidade

ABRIL – Abram alas para o carnaval fora de época! Com Paolla Oliveiracomorainha de bateria da Grande Rio, devidamente fantasiada de Pombagira, a escola de Caxias cantou o orixá Exu, dando um grito contra a intolerância religiosa. Levou o inédito campeonato.

MAIO – Na 75ª edição do Festival de Cannes, Tom Cruise recebeu uma homenagem pelo filme Top Gun: Maverick. Além disso, o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, fez uma aparição surpresa na abertura e falou sobre o poder do cinema em defender a liberdade. No Brasil, um insólito: o encontro de Jair Bolsonaro (PL) com o empresário Elon Musk prometia parcerias de satélites na Amazônia. E nunca mais se falou disso…

JUNHO – Um lamentável episódio despertou o país para o julgamento que mulheres enfrentam na sociedade. Após influencers pressionarem-na a falar do assunto, a atriz Klara Castanho, 21 anos, fez uma carta aberta relatando que engravidou após ser estuprada e optou por colocar o bebê para adoção. As mortes do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira entraram para uma lista triste de mortos defensores da Amazônia, traduzindo a violência na região.

Continua após a publicidade

JULHO – No primeiro dia, o processo que se arrastava do ator Johnny Depp e a ex-mulher Amber Heard chegou ao veredito final. A atriz teve que pagar 15 milhões de dólares por difamação e ele, 2 milhões, pela troca de acusações de agressão. A guerra da Ucrânia colocou alguns nomes em evidência, como o da primeira-dama Olena Zelenska. Ela e o marido posaram para a revista Vogue em meio ao conflito. Por aqui, Roberto Carlosandoudistribuindo flores de cara mal-humoradíssima.

AGOSTO – Jô Soares morreu aos 84 anos em São Paulo, após oito dias de internação.

SETEMBRO – Arainha Elizabeth II, dona do segundo reinado mais longo da história, morreu de causas naturais, aos 96 anos. Deixou como herdeiro do trono o agora rei Charles III, que será coroado em 2023. Depois de ter sido adiado por um ano em decorrência da pandemia, o Rock in Rio retornou, com destaque do show de Ludmilla, no Palco Sunset, e o último da turnê de Justin Bieber. Os debates políticos foram um “show” à parte – com direito até a “padre de festa junina”. Os 200 anos da Independência foram marcados por um ato “imbroxável”.

Continua após a publicidade

OUTUBRO – No final do mês, depois de difícil disputa de segundo turno, LulavenceuBolsonaroe foi eleito presidente da República. Após especulações,Gisele Bündchenanunciou divórciocomTom Brady, com quem estava casada desde 2009. E Elon Musk completou a aquisição do Twitter por 44 bilhões de dólares.

NOVEMBRO – Gal Costa, que marcou a história da música brasileira como grande intérprete e despontou no movimento tropicalista, morreu aos 77 anos. O Brasil também perdeuErasmo Carlos, aos 81 anos. Cássia Kis, no ar com Travessia, novela das 9 da Globo, participou de manifestações bolsonaristas no Rio. Inclusive, em uma delas foi filmado o meme do ano: um bolsonarista pendurado num caminhão em movimento. O vídeo, feito pelo motorista, viralizou.

DEZEMBRO – Mesmo com a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo, alguns brasileiros só ganharam com a competição. É o caso do streamerCasimiro Miguel, que alcançou números recordes de audiência no YouTube. Na TV, o documentário Harry & Meghandespertou curiosidades; e The White Lotus, conspirações. Anitta, sempre ela, fecha o ano como a artista brasileira mais executada nas plataformas de música. Alguém duvidava que o ano seria todinho dela? E Bolsonaro saiu do país dois dias antes de terminar seu mandato. Não ficou para a festa.

Continua após a publicidade

Acoluna GENTEdeseja um feliz 2023 a todos os leitores e leitoras!

Continua após a publicidade

Publicidade
Roda Super Sortuda Mapa do site

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine Roda Super Sortuda pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.

Roda Super Sortuda Mapa do site